ACAUSA


 Lutar por algo maior

      Sem medo de cair nas frases feitas, nos discursos de impressão ou nos lugares comuns que podem se referir à solidariedade, é muito importante nesta vida, passageira e fugaz, que lutemos por algo maior do que as vantagens comuns, privadas e dirigidas, embora elas também sejam importantes e nos completem.

 

     Perceber que estamos aqui por outras razões – ou causas? – que não apenas aquelas que sustentam o nosso dia-a-dia nas conjunções materiais, na concretude de um cotidiano que se extingue a cada ação, dar ao ato de viver um sentido mais amplo que acaba por trazer a alegria que está além da banalidade e que se constitui de uma emoção pura, aquela que decorre do prazer da real utilidade.

 

     Trabalhar em prol do que nos demanda não é bondade, mas entrega; não é benemerência, mas doação; não é compromisso, mas atitude. Que reverte em nosso próprio favor, com certeza. Madre Tereza de Calcutá assumia, sorrindo, o egoísmo pessoal, quando lhe diziam de sua imensa caridade. “Quando faço alguma coisa pelo outro, sinto dentro de mim uma satisfação tal que devo agradecer-lhe por me permitir fazer; há que se cultivar sem máscaras esse doce egoísmo”.

 

     É o que se pretende despertar aqui, através de um veículo de divulgação e esclarecimento sobre o que é realizado em ACAUSA, abrindo os braços e o coração para todos os que, mobilizados, queiram aderir ao nosso humilde, embora profícuo trabalho. Venham a nós, busquem conhecer um pouco mais o que fazemos, colaborem da forma e do jeito possíveis.

 

     Nunca esquecendo que reverter os privilégios recebidos pela Providência é o que nos cabe. Sem competições ou mecanismos de compensação; apenas entrando na sintonia da troca, de cobrir aqui o que falta lá. “Quem não dá não recebe” é o principio inexorável de toda a harmonia universal.

 

     Aguardamos vocês e o seu interesse: sejam muito bem-vindos!

 

 

 

 

Cestas básicas em outubro
22/10/2015

Com muita satisfação continuamos nosso trabalho, e este mês colaboramos com 223 cestas básicas, destinadas à portadores do HIV e suas famílias.

Seguimos na luta, e toda a diretoria está empenhada em levar adiante, contando com a colaboração da sociedade santista e parte da sociedade paulistana.

O nosso obrigado!


Agradecimento
28/09/2015

Deixamos aqui nosso agradecimento à AEAS, aos expositores, colaboradores, amigos da imprensa e, em especial, o nosso abraço fraterno e caloroso a cada uma das pessoas que compareceram, prestigiaram e curtiram o evento.

 

Parte da tradição da entidade, a realização do Bazar, em seu terceiro ano "de Primavera", mantém acesa a chama de nosso trabalho, e todo o empenho dos diretores, assim como das muitas pessoas que nos acompanham nesta caminhada!

 

Que possamos seguir neste caminho, construindo a estrada para os próximos passos, para que não se apague a vontade de parte considerável da sociedade, que se importa com o próximo, e acredita ser capaz melhorar o mundo em que vivemos.


Nossas doações de cestas básicas
24/09/2015

Carro-chefe de nosso trabalho, a distribuição de cestas básicas é feita mensalmente, em parceria com funcionários da Prefeitura Municipal de Santos, seguindo critérios de avaliação das assistentes sociais do CRAIDS e NIC, que fazem uma triagem dos portadores mais carentes.

Muito importante dizer que para participarem das listas, os pacientes tem que manter tratamento acompanhado, que varia entre psicologia, médico, assistente social, uso dos medicamentos conforme estabelecido...nossa intenção é fugir um pouco do rótulo assistencialista, é preciso que os portadores ganhem consciência da importância de todo o processo, para sua própria melhoria de vida.

Em agosto, foram 241 unidades, e neste mês entregamos 248 cestas.

 

* Imagem ilustrativa.


Av. Siqueira Campos, 579 - apto. 10 - (13) 3271-9684 (das 14:00 às 18:00 hrs)
CEP 11045-201 - Santos/SP - acausa@terra.com.br

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS